Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

horas extra

Blog de escrita nas horas extra dos dias

horas extra

Blog de escrita nas horas extra dos dias

# Das cidades invisíveis ( feat.Rolling Stones)

Hoje um conferencista falou ,em Lisboa, sobre as cidades invisíveis que existem naqueles que são designados institucionalmente como territórios prioritários.

Numa visão excelente do conferencista sobre aqueles que são invisíveis perante o Sistema, pensei que cada um de nós tem as suas cidades invisíveis com as suas ruelas, os seus caminhos escondidos e as suas avenidas largas, visíveis para todos, livres.

No essencial, cada um constrói a sua cidade como a sente ou vai sentindo ao longo da vida. Poderá, nalgumas ocasiões encontrar pedras enormes pelo caminho ou veredas floridas. Poderá ter dado frutos maravilhosos. Cada resolve à sua maneira os desafios com que se depara na estrada.

O essencial é saber-se onde se está, numa transversal feliz à Avenida da Liberdade, a escutar isto. e a dançar.

@mmalheiro

 

 

 

publicado às 19:53

# Textos mal-passados ( feat. Depeche Mode)

fc68f86873c9c661e84ad442cf8fb6cf.gif

                                          em ffffound.com

                                         Saltam aos olhos, por vezes, textos mal-passados como se de mera comida frugal se tratasse. Uns textos mais tenrinhos e passadinhos com as palavras certas e sensatas comem-se melhor.

                                        Como não me têm saído textos nem tenrinhos , nem mal passados, deixo mais uma vez uma música para degustar  para dançar em qualquer lugar- até nos semáforos- e até para correr com chuva na cara !    ( all rights reserved to Depeche Mode)                            

                                         @mmalheiro

 

 

publicado às 21:06

# O país segue dentro de momentos ( feat. Vampire Weekend)

 

 

 

Desde o 5 de outubro que o país aguarda ,expectante, a jogada final.

De conversação em conversação, tudo se aguarda. Agora o tudo é Nada.

Da equação final sobrará o mais importante para os portugueses, sem vírgulas?

https://www.youtube.com/watch?v=P_i1xk07o4g Vampire Weekend

@mmalheiro

 

publicado às 22:24

# Um país à espera de um Governo ( feat. Tame Impala)

996df48aa3ab716d68671221ee971611.gif

                                      autoria UltraLinx ( all rights reserved)

                                     https://www.youtube.com/watch?v=6lHzySwhUac&hd=1 Tame Impala, 2015 ( all rights reserved to Tame Impala)

                                      @mmalheiro

publicado às 21:38

# Tomar o gosto pela Austeridade ( feat. Lena D'Água & Rock N' Roll Station)

                        Lena D'Água & Rock N' Roll Station, 2014 ( todos os direitos reservados a Lena D'Água & Rock N'Roll Station)

                        Depois de ler a notícia sobre o Ministro das Finanças alemão que afirmou que os resultados das eleições  (sem maioria e triunfo) eram um claro sinal de "encorajamento" para mais Austeridade.

Portanto, segundo este Ministro, os portugueses gostam de ver os seus salários diminuidos, perderem regalias sociais, empobrecerem, pagarem impostos, terem condições de atendimento míseras nos Hospitais e, finalmente, emigrarem porque não há trabalho ou não são criados postos de trabalho. 

                     [Um claro sinal ou um desejo absurdo de sofrer...]

                       @mmalheiro

 

publicado às 18:40

# O dia em que ninguém ganhou ( feat. Belle & Sebastian)

94d1ea10e0cd77d12b30aa571fd41702.gif

  Imagem in Pinterest

  4 de outubro de 2015. O dia em que ninguém venceu e o povo perdeu.

Venceu uma abstenção de 43,1%, 3% de votos nulos e brancos e um país dividido. Todos divididos.

Venceu o comodismo, a passividade e algum descontentamento.

Ninguém venceu em prol de uma causa comum, pelo Bem comum de todos, para além dos seus interesses e egos. ( Porreiro, pá!)

https://www.youtube.com/watch?v=FeZpmL-7t1k&hd=1 Belle and Sebastian ( bisado aqui)- all rights reserved to Belle and Sebastian

@mmalheiro

 

publicado às 00:34

# Da razão de ser da política ( feat. H.Arendt & W.Mertens)

A poucos dias do exercício da liberdade de escolha política através do direito consignado na CRP, deixo aqui as palavras de Hannah Arendt, escritas em 1954, no seu livro Entre o Passado e o Futuro ( Edição Relógio D'Agua):

"(...) a liberdade (...) constitui na verdade o motivo pelo qual os homens vivem juntos no seio de organizações políticas. A raison d'être da política é a liberdade, e o seu campo de experiência é a ação.

(...) O princípio inspirador de uma ação, ao contrário do seu objetivo, pode ser repetido muitas e muitas vezes, (...) a validade de um princípio é universal. Os homens são livres enquanto agem. ".

 

c6c211992eedd6252debf5a5816ab122.gif

                                      in touchn2btouched.tumblr.com

                                     a bisar ou trisar (?) esta música aqui.( com todo o tempo dentro)

a Julieta Afonso, que votou sempre até ao fim da vida ( até aos 90 anos), sublinhando que este era um direito que lhe havia sido retirado antes do 25 de abril.

                                   a todos os que ainda acreditam na Liberdade.

                                      @marinamalheiro

 

 

publicado às 19:02

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Facebook