Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

horas extra

Blog de escrita nas horas extra dos dias

horas extra

Blog de escrita nas horas extra dos dias

#uma aventura numa loja do cidadão

9 horas da manhã. Estamos na cauda de uma fila para a entrada de uma loja do cidadão nos arredores de Lisboa. Após duas tentativas falhadas na loja do Passaporte no Aeroporto de Lisboa, pensamos que à terceira será de vez. Nessas duas tentativas levámos o benjamim da família com apenas 18 meses de primaveras. "as senhas acabaram, portanto, já não é prioritária", disseram-me da primeira vez. Como se a prioridade cessasse no momento em que já não há senhas. Da segunda vez, a um sábado de manhã, vários casais com filhos exigiram o seu direito à prioridade. Às nove e meia da manhã já não havia senhas.

Nesta terceira tentativa para fazer o passaporte, depois de desistir de um agendamento garantido para a bela Portalegre, eis-nos na terra onde D. Dinis ia vê-las. Após a primeira fila, vamos para a fila da máquina de senhas. A Lola, robot extraordinariamente eficaz que levou um valente pontapé em Coimbra pela sua indiferença face a um cidadão que lhe perguntou "onde é o bilhete de identidade?",circula muito murchinha por ali. O meu filho mais velho, de 14 primaveras, diz - me tranquilo "tudo isto é normal, mãe, este caos". Pensei que é preocupante quando se considera normal o caos. Com o fecho de várias lojas do cidadão no centro de Lisboa, aumentou o caos nestas lojas do cidadão nos arredores de Lisboa. Só se safa Portalegre.

A desorganização burocrática, o caos nos transportes, a falta de meios em vários setores da função pública, levam-me a pensar sobre este país de défice orçamental zero e sem superavit na qualidade de vida. Durante quanto tempo aguentarão os cidadãos portugueses estar na cauda da Europa em tudo? Até quando viverão os portugueses neste caos mascarado de "bela felicidade"?

Há muitos anos numa empresa de telecomunicações que ainda era PT houve um dia de muita afluência na secção comercial, estava uma fila imensa. Do nada surgiu alguém que em 5 minutos conseguiu solucionar o caos. Era apenas o CEO. 

(à equipa da loja do cidadão da terra onde D. Dinis "ia vê-las")

@mmalheiro

publicado às 16:52

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Facebook