Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

horas extra

Blog de escrita nas horas extra dos dias

horas extra

Blog de escrita nas horas extra dos dias

# Da opinião pública e do egoísmo

Hoje , de manhã, vendo e escutando o programa da SIC "Opinião Pública", ouvi com espanto uma telespetadora dizer que as escolas deviam ficar fechadas o ano inteiro, dado que os pais que estão em casa, estão a receber vencimento e , pasmo maior, vem aí o Verão e as pessoas querem passear.

Portanto, para que uns passeiem no Verão, jovens, crianças, professores, pais, devem ficar em regime de clausura 365 dias e porque, enfim, não contribuem muito para a Economia. É preciso acordar a Economia, dizia.

Dei-me conta que esta pessoa, esta mulher, deve viver numa "twilight zone" e espero sinceramente que não tenha filhos, pois quem diz isto não tem amor nem a crianças, nem a seres humanos.

Todas as tardes as crianças do meu bairro estão no jardim, fazendo o seu passeio higiénico. Felizmente brincam com giz colorido e há jogos da macaca em redor da fonte , andam acelerados de trotinete, jogam à bola , caem. O resto do tempo , que é muito, estão em casa, diante de écrans de computador, televisão e telemóvel.

Qualquer pediatra poderá tentar explicar a esta senhora que as crianças precisam de brincar umas com as outras, quer para interagirem socialmente, quer para crescerem - faz parte dos estádios de desenvolvimento.

Há muitos anos numa aula de História, no meu 12º ano, em que pesquisávamos, mesmo em bibliotecas, íamos a livrarias e líamos, mesmo, a nossa professora falou-nos de como as crianças no século XIX não eram gente, eram usadas para tudo pelos pais, para o trabalho , para a casa, e as privilegiadas é que tinham preceptores em casa.

Em 1910 houve uma preocupação pela Educação- construiram-se escolas por todo o país- um país com cerca de  75% de analfabetos. Em 1901 foram criadas 5 classes na escola primária.

Neste momento,  em 2021 continua a haver iliteracia funcional- há quem não saiba ler a conta da luz, não saiba fazer operações no multibanco. No entanto, mais do que essa iliteracia , há uma crescente iliteracia, mais perigosa, a da ignorância e do egoísmo.

@mmalheiro

aos pais, aos jovens e às crianças

publicado às 11:46

# A vida é uma bola de sabão (feat. Beirut)

                               

                             

 

                                         Hoje é dia da criança, talvez por isso hoje seja um dia em que os adultos ( alguns!)  acreditam que a vida é uma bola de sabão.

Aprende-se muito com as crianças, redescobre-se a física única das bolas de sabão e não se pensa em nada.

Os outros adultos, os que perderam a capacidade de ver as bolas de sabão a flutuar, lindas, no céu, têm listas de compras diárias para a vida ,que incluem a procrastinação dos sentimentos, o adiar dos beijos, dos abraços, a indiferença perante os doentes ( não estás suficientemente doente, só trato de uma parte de ti, vai lá ter com o meu outro colega médico e "desampara-me a loja"), a indiferença perante os sofrimentos dos outros, ou o espanto perante as alegrias, em prol do seu ego ( deixa-me tirar a foto com o melhor ângulo das minhas qualidades).

Um cansaço estes adultos das listas de compras.

Serão capazes algum dia de fazer bolas de sabão sem medo do ridículo, livremente?

                                                                       

e1a9f767547290ddd4fda24b0c52dfd3.jpg                                         Estas bolas de sabão vão diretamente para todas as crianças internadas ou em consulta no IPO de Lisboa, com muita ternura e música dentro. ( all rights reserved to Beirut)

@mmalheiro

                                     

                                      

 

 

 

publicado às 20:02

# Do superior interesse da criança e das mães

Nos últimos dias, surgiram novamente notícias de vítimas de violência doméstica, umas mediáticas, outras infelizmente vítimas e causadoras de tragédias. Há, ainda, tragédias em pleno século XXI, pois não há uma ação pronta e eficaz  em prol das vítimas de violência doméstica e dos seus filhos. Se nalguns casos há excesso de zelo na proteção dos menores ( no polémico caso da mãe de Sintra a quem foram retirados os filhos por motivos económicos ), noutros há uma ineficácia gritante, ficando mães/ mulheres entregues a si próprias, dentro do sistema, já que o sistema demora a (re)agir após a burocracia...

Pugne-se pelo interesse superior da criança e pelo interesse superior destas mães que precisam muito de ajuda, a todos os níveis , mas de modo verdadeiramente eficaz. Quantas tragédias terão de acontecer para se agir mesmo?

@mmalheiro

 

 

publicado às 17:00

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Facebook

Em destaque no SAPO Blogs
pub