Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

horas extra

Blog de escrita nas horas extra dos dias

horas extra

Blog de escrita nas horas extra dos dias

# Da janela da oportunidade ( feat. Wim Mertens)

13177935_1026014864154239_3030689148255021324_n.jp

                                  Experiências em Vão, 9 de maio de 2016, Academia de Ciências de Lisboa

                                  foto @MMalheiro

                                  

                                  No dia da Europa, em que se falou de empreendedorismo social em Portugal ,na Academia das Ciências em Lisboa, com um entusiasmo contagiante,  constato que, há, a par desta "janela de oportunidade" para muitos que ousam tentar outras vias profissionais, de maior inovação, de menor estagnação a todos os níveis, uma janela  fechada para outros.

Fechada porque se recusam abri-la, caso dos jovens referidos no eixo NEET que se recusam a trabalhar ou a estudar. Não fazem Nada mesmo, nem precisa da tradução em russo. Milhares em Portugal, milhares em toda a Europa.

Evitar o "Vale da Morte" na criação de uma empresa, ou seja,  conseguir que esta se desenvolva, é o grande desafio do empreendedor. Capacidade para arriscar e não desistir talvez seja o lema adequado.

Talvez o empreendedor não limpe os vidros do carro com toalhitas Dodot como assisti hoje, como se fosse uma cena de um filme de Almodóvar... Agarrar as janelas de oportunidade não é, de facto, para todos.

Contudo, uns estão dispostos a perceber como se alcançam e o que está para além delas, outros nunca as abrirão.

Uma janela aqui

@mmalheiro

ao meu bisavô Manuel Malheiro, um torna-viagem empreendedor

 

publicado às 21:00

# Da razão de ser da política ( feat. H.Arendt & W.Mertens)

A poucos dias do exercício da liberdade de escolha política através do direito consignado na CRP, deixo aqui as palavras de Hannah Arendt, escritas em 1954, no seu livro Entre o Passado e o Futuro ( Edição Relógio D'Agua):

"(...) a liberdade (...) constitui na verdade o motivo pelo qual os homens vivem juntos no seio de organizações políticas. A raison d'être da política é a liberdade, e o seu campo de experiência é a ação.

(...) O princípio inspirador de uma ação, ao contrário do seu objetivo, pode ser repetido muitas e muitas vezes, (...) a validade de um princípio é universal. Os homens são livres enquanto agem. ".

 

c6c211992eedd6252debf5a5816ab122.gif

                                      in touchn2btouched.tumblr.com

                                     a bisar ou trisar (?) esta música aqui.( com todo o tempo dentro)

a Julieta Afonso, que votou sempre até ao fim da vida ( até aos 90 anos), sublinhando que este era um direito que lhe havia sido retirado antes do 25 de abril.

                                   a todos os que ainda acreditam na Liberdade.

                                      @marinamalheiro

 

 

publicado às 19:02

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Facebook